Ultrassonografia Anorretal: Entenda a importância deste exame

06/07/2017

A ultrassonografia anorretal é um dos exames mais importantes para auxiliar no diagnóstico de problemas nos esfíncteres anais, os quais podem acarretar a incontinência fecal – doença que atinge de 1 a 7,4% da população mundial. Trata-se de uma das principais causas de internação de pacientes em asilos.

Também chamada de ultrassonografia endoanal, o procedimento é feito com um transdutor intra-anal giratório, que permite a visualização completa e circunferencial de toda a musculatura esfincteriana, da parede do reto e canal e suas estruturas adjacentes. É um exame indolor que causa pouco incômodo – assemelhando-se ao toque retal realizado no exame físico.

Para que os resultados da ultrassonografia anorretal sejam de qualidade e ofereçam segurança ao paciente é fundamental a sua realização por um examinador experiente. A Colono é especializada em exames da coloproctologia, com equipamentos com tecnologia de ponta e profissionais aptos a realizar o procedimento de forma correta.  Conheça e saiba como funciona o nosso exame de ultrassonografia anorretal.

Como é feita a ultrassonografia anorretal

A ultrassonografia é um procedimento não-invasivo e que permite a avaliação de diversos órgãos e estruturas do organismo. Ela funciona com ondas acústicas que geram imagens que permitem ao médico avaliar em detalhes a estrutura física de certas regiões. No caso da ultrassonografia anorretal, os músculos responsáveis por manter a continência fecal bem como as estruturas que compõem a parede do reto e a gordura ao seu redor podem ser minuciosamente avaliadas..

O paciente necessita estar em jejum e fazer o uso de laxantes para a limpeza do canal anorretal. É a rara a necessidade de sedação, que pode ser feita a depender do motivo pelo qual está sendo realizado o exame. Em casos de inflamações e afecções que causem dor, pode ser recomendada a sedação.

Durante o exame, o paciente é mantido deitado e o transdutor – um tubo com cerca de dois centímetros de diâmetro – é introduzido pelo ânus. O transdutor irá avaliar toda a musculatura esfincteriana e verificar a existência de abcessos, fístulas complexas e implantes de endometriose. Em pacientes com câncer, a ultrassonografia anorretal permite o detalhamento do câncer de ânus e reto, auxiliando no diagnóstico e tratamentos. A este detalhamento, os médicos chamam de estadiamento, ou seja, a determinação do estágio em que se encontra a doença. Dentre as principais indicações da ultrassonografia anorretal estão:

  • Queixas de incontinência fecal
  • Avaliação de fístulas – comunicações que se formam entre o canal anal e a pele da parte externa do ânus
  • Avaliação de pacientes logo antes ou após o tratamento contra o câncer do reto ou do canal anal.

Além disso, a ultrassonografia anorretal também pode ser indicada em sala de cirurgia, para auxiliar na tomada de decisões operatórias, como em casos de abcessos ocultos.

A duração do procedimento é rápida – cerca de 15 minutos; o laudo costuma sair no mesmo dia. As imagens captadas são muito parecidas com as de uma ressonância. Os pacientes que precisam ser anestesiados, ficam em observação até que o efeito termine – sendo liberados com acompanhante. Não há contraindicações, o procedimento é indolor e causa um incômodo suportável.

A Clínica Colono oferece o exame de ultrassonografia anorretal com modernos equipamentos para sua realização. Contamos com uma equipe habilitada para realizar dos mais modernos procedimentos, garantindo resultados de confiança e qualidade. Agende agora a sua consulta.

Deixe uma resposta