Qual a diferença entre ultrassonografia endoanal e endorretal?

17/08/2017

Ultrassonografia: definição

Primeiramente, precisamos definir ultrassonografia. A Ultrassonografia é um exame complementar através do qual obtemos imagens de estruturas internas do corpo por meio de ondas sonoras emitidas e captadas por um transdutor, que geram uma impressão diferente à medida que refletem em determinados tecidos e atravessam outros. Dessa forma, temos uma “fotografia”, a qual nos permite analisar em detalhes a estrutura de partes do corpo, possibilitando assim a identificação de diversas alterações e doenças, direcionando diferentes tipos de tratamento.

A ultrassonografia, no que diz respeito especificamente à coloproctologia tem por objetivo a visualização detalhada das estruturas do canal anal e do reto. O transdutor, nesse caso, permite a captação de imagens radiais, ao longo de toda a circunferência do reto e canal anal.

Em casos onde se deseja apenas a visualização e investigação do canal anal, é realizada a ultrassonografia endoanal. Quando é necessária uma avaliação do reto, fala-se em ultrassonografia endorretal. Existem ainda situações onde se deseja estudar as duas estruturas em conjunto, tanto canal anal quando canal retal. Nesse caso, fala-se em ultrassonografia anorretal.

Ultrassonografia endoanal x Ultrassonografia endorretal

A diferença fundamental entre ambos os exames são as estruturas avaliadas e as indicações.

No caso do exame do canal anal, o transdutor é inserido até o reto e posteriormente tracionado de volta para o canal anal, e ali é mantido durante a captação das imagens para seu estudo. Avalia os músculos que constituem os esfíncteres anais e as estruturas vizinhas. No caso de investigação do reto, o transdutor é introduzido até o reto, que é a parte final do intestino grosso e encontra-se localizado na pelve, logo acima do canal anal.

No caso da ultrassonografia anorretal, é realizada a coleta de imagens do canal anal e do reto, em um mesmo procedimento.

Na maioria dos casos, faz-se uso da ultrassonografia endoanal, porém, em casos de suspeita de tumores do reto ou de tumores do canal anal que se estendem ao reto, a avaliação retal ou uma combinação das duas deve ser realizada.

Principais indicações da ultrassonografia endoanal, endorretal e anorretal

As indicações dessa técnica vão depender dos objetivos e estruturas a serem estudadas, e incluem:

  • Estudo da musculatura responsável pela manutenção da continência fecal e dos movimentos evacuatórios, para diagnóstico de incontinência fecal e definição de tratamento;
  • Verificação da presença ou não de lesões inflamatórias ou tumorais;
  • Identificação de tumores, avaliação das estruturas envolvidas e definição do estágio do desenvolvimento da lesão;
  • Definição da forma de tratamento em diversos tipos de tumores: seja tratamento conservador, cirurgias abertas ou minimamente invasivas, por exemplo;
  • Avaliação da resposta à radioterapia ou quimioterapia;
  • Avaliação de abscesso anal, com ou sem fístula anal;
  • Avaliação de causas indeterminadas de dor anal;
  • Avaliação pré-operatória de procedimentos orificiais;
  • Diagnóstico e investigação adicional de diversas doenças anorretais neoplásicas ou inflamatórias;
  • Investigação de algumas causas de constipação intestinal, entre outras.

Características gerais do exame

Não existe necessidade de sedação na maioria dos casos, pois o exame geralmente não provoca dores, a não ser em casos específicos e algumas condições prévias. Nesses casos, é fornecida sedação ou anestesia.

É um exame de rápida execução. A liberação do laudo costuma ocorrer até o dia útil subsequente ao da sua realização.

A preparação para o exame é simples. O paciente não precisa realizar jejum, apenas uma lavagem é realizada previamente, já na clínica (salvo em casos que requeiram sedação, conforme mencionado). O paciente costuma é liberado logo em seguida para suas atividades cotidianas.

Na Colono realizamos a ultrassonografia retoanal rotineiramente de forma simples e segura. Venha conferir!

Deixe uma resposta